19/04/2017

O teto da Previdência Oficial em 2017 está atualizado em R$ 5.189,82. Sabemos que para alcançá-lo, as regras estão cada vez mais rígidas. Por isso, contar com apenas essa renda para manter o mesmo padrão de vida após o período laboral muitas vezes pode ser arriscado para os empregados do Serpro que sonham com uma vida financeira mais tranquila na aposentadoria.

Por isso, listamos 5 razões para você manter o seu plano de previdência complementar PS-II:

1) Complementação da aposentadoria: ao somar a renda do INSS com o benefício previdenciário do PS-II, você tem uma renda adequada ao seu planejamento, podendo manter ou aumentar seu padrão de vida na aposentadoria e suportar os gastos que naturalmente surgem nesta fase.

2) Paridade contributiva: a empresa patrocinadora contribui com o mesmo valor que você. Ou seja: o dinheiro que você investe todo mês na sua aposentadoria é multiplicado por dois, sem contar o resultado dos investimentos.

3) Imposto de Renda: ao optar pela declaração completa do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), é possível deduzir os valores de suas contribuições ao plano no imposto, até o limite de 12% de sua renda tributável.

4) Segurança para você e sua família: o PS-II oferece, além da renda mensal de aposentadoria programada, uma gama de benefícios de risco, tais como: o auxílio-doença, até o retorno às atividades profissionais, a pensão por morte e a aposentadoria em caso de invalidez.

5) Ganho real dos investimentos: por ser administrado pelo Serpros, que é uma entidade sem fins lucrativos, todo o ganho financeiro com a aplicação dos recursos em investimentos são repassados integralmente ao PS-II.

Se você ainda tem dúvidas sobre as vantagens oferecidas pelo Serpros, agende um atendimento personalizado com o SAP: sap@serpros.com.br ou 0800 721 10 10.

5 razões para manter o seu plano PS-II