06/12/2018

Reunimos abaixo as principais informações dos planos PS-I e PS-II atualizadas em outubro/2018. Os dados mostram a robustez da entidade para honrar os compromissos com os participantes.

O Plano Serpro I, saldado desde 2013 e fechado para adesões, tem 2.081 participantes ativos e 3.893 assistidos, destes 72,39% estão recebendo aposentadoria; 11,30% recebendo aposentadoria por invalidez; 16,13% recebendo pensões e 0,18% o benefício de Auxílio-Doença. O PS-I acumula um patrimônio de cobertura de R$ 2,16 bilhões e, embora deficitário em R$ 119,26 milhões, está dentro da zona de equilíbrio técnico, de acordo com a Resolução CNPC 22/2015. Ou seja, não há necessidade de aumentos de contribuição e é possível que o déficit seja reduzido ou eliminado ao longo dos anos.

O Plano Serpro II tem 7.275 ativos e 696 assistidos. Destes, 71,70% estão recebendo benefício de aposentadoria; 11,35% a aposentadoria por invalidez; 14,94% recebendo pensões por morte e 2,01% estão em Auxílio-Doença.

A parcela de Benefício Definido, aquela instituída para atender as coberturas de risco dos participantes e assistidos, acumula um patrimônio de aproximadamente R$ 1,20 bilhões e superávit de R$ 295 milhões. A parcela de Contribuição Definida, relativa aos saldos de contas, está permanentemente equilibrada e varia com a rentabilidade, entrada de contribuições e pagamentos de benefícios e resgates. Essa parcela do PS-II encerrou o mês de outubro com um patrimônio de R$ 1,94 bilhões.

Serpros oferece segurança e solidez: panorama dos planos PS-I e PS-II