30/11/2016

Após um ano de economia em recessão, inflação em alta e desemprego crescente, pode ser que seu orçamento esteja precisando de uma boa revisão. Ainda mais com a aproximação das festas de Natal e Ano Novo que, junto com as férias e as contas de início de ano (como impostos e material escolar), podem acabar custando mais que o esperado.

Então, que tal seguir um passo a passo simples para colocar seu orçamento em dia? Acompanhe:

1 – Organização é o primeiro passo

Como você controla suas finanças? Você usa uma planilha financeira ou aplicativo online para organizar suas contas? Ou acha que uma olhadinha no extrato bancário de vez em quando já é suficiente?

Sabia que prestando mais atenção aos seus gastos e planejando melhor suas finanças, você pode ter ganhos além do esperado? Registrar todas as suas rendas e despesas em uma planilha financeira, por exemplo, pode ser uma ótima forma de organizar seu orçamento. Assim, você consegue visualizar melhor suas finanças e fazer um planejamento financeiro mais eficiente.

2 – Planejamento 2016/2017

Com seu orçamento organizado, conseguindo visualizar melhor suas rendas e despesas, é hora de começar a planejar-se para as contas de final de ano e também para as contas do início do próximo ano.

Para muitos, o final do ano costuma ser o momento de receber um salário extra – o 13º – mas o período também é marcado por gastos extras com festas, presentes, roupas etc. Além de ser seguido por outros como IPTU, IPVA, seguros, matrícula e material escolares etc.

Então, não deixe de colocar tudo na ponta do lápis para não se perder. Liste todas as despesas extras que terá e planeje-se para quitá-las, se necessário, fazendo um esforço de economia para não prejudicar seu orçamento. Reconhecer antecipadamente a necessidade desse esforço de economia pode ser melhor do que lidar com as dívidas depois.

3 – Se você tem dívidas, resolver isso deve ser sua prioridade financeira

Comece descobrindo o tamanho do problema: liste suas dívidas, incluindo valor e número de parcelas. Em seguida, veja em que casos é possível negociar os pagamentos com juros mais baixos.

Considere, também, a possibilidade de trocar várias dívidas por uma menor.

Por exemplo, se você tem dívidas no cheque especial e no crédito rotativo do cartão (que possuem alta taxa de juros) pode buscar uma linha de crédito com taxa inferior (como o crédito consignado e, em alguns casos, o empréstimo pessoal).

A partir daí, o recomendável é replanejar seu orçamento, acompanhando-o com rigor, economizando pelo menos 15% dos seus ganhos para saldar os compromissos.

4 – Se você ainda não poupa dinheiro, comece já

Sim, você precisa economizar. Independentemente do seu padrão de vida ou situação financeira, poupar é uma atitude responsável e economicamente inteligente. Seja para não comprometer seu orçamento em um caso de emergência, seja para garantir seu futuro ou para realizar seus sonhos.

Se você não tem dívidas, pelo menos 15% dos seus ganhos deveriam ser poupados, de acordo com especialistas.

Não espere o dinheiro sobrar. Reveja seu orçamento e planeje-se para começar a poupar.

5 – Como ter uma renda extra no final de ano?

Você organizou seu orçamento, fez os cálculos das contas de fim e início de ano, mas está difícil fazer o dinheiro render? Já pensou em tentar conseguir uma renda extra neste fim de ano? Veja algumas opções:

– Vagas temporárias – com as vendas aquecidas no período, muitos estabelecimentos contratam funcionários para vagas temporárias, principalmente no comércio. Se você tem tempo disponível, essa pode ser uma opção interessante.

– Bazar de Natal – que tal aproveitar o período para fazer uma faxina nos armários e tirar aquelas peças que não usa mais para revender? A ideia também pode se estender para acessórios, calçados e até móveis. E você pode fazer um bazar em sua casa para revender ou anunciar os itens em sites de seminovos.

– Revisão de monografias – nesta época, muita gente ainda está entregando trabalhos e monografias que precisam de revisão ou diagramação. Se você é familiarizado com as regras da ABNT, essa pode ser uma boa alternativa para ganhar uma renda extra.

– Aluguel de espaço – vai viajar e deixar a casa vazia? Já pensou em alugar o espaço enquanto viaja? Sites como o airbnb.com possibilitam o aluguel de espaço, colocando proprietários e locadores diretamente em contato.

E essas são só algumas formas de conseguir uma renda extra. Confira outras!

Extra: repense a administração do seu dinheiro

Você sabe quanto paga por cada produto e serviço oferecido pelo seu banco? Sabe quanto são as taxas de juros cobradas por financiamento e empréstimos? Sabe quais são as políticas da instituição?

Para ter maior segurança do rendimento das suas reservas, não basta guardar seu dinheiro em um grande banco; é preciso acompanhar de perto suas finanças.

Sabia que, em uma cooperativa financeira, você é um dos sócios e pode participar de todas as decisões e política da instituição? Além disso, cooperativas não visam lucro e, por isso, podem oferecer os mesmos produtos e serviços financeiros de um banco com taxas bem mais competitivas. E se mesmo assim existirem sobras, elas podem ser repartidas entre os associados. Para ter mais vantagens na administração do seu dinheiro, vale a pena conferir os diferenciais desse tipo de instituição.

 

(Fonte: Blog O Seu Dinheiro Vale Mais)

Final de ano com as finanças em dia