23/02/2018

No ano de 2018, a meta atuarial aprovada pelo Conselho Deliberativo (CDE) para o PS-II é o INPC + 5,58% ao ano (a.a) e para o PS-I, INPC + 5,67% a.a. A “meta atuarial” define quanto os recursos financeiros dos planos precisam render ao serem investidos para pagar todos os benefícios contratados na adesão, até o fim da vida (renda vitalícia) de cada participante e de seus beneficiários, incluindo cônjuge e filhos. Desta forma, a meta atuarial é uma das premissas que interferem no valor do benefício a ser concedido.

A parte do rendimento que deve alcançar o indicador Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) é para acompanhar a inflação do período. Já os percentuais 5,58% a.a e 5,67% a.a representam juros reais estimados. É o quanto o patrimônio deve aumentar no ano, além da inflação, para termos ganhos reais.

Nos simuladores do PS-II, é possível acompanhar as projeções de aposentadoria, com esta nova meta atuarial para o ano de 2018.

Para saber mais sobre outros termos técnicos, acompanhe os próximos informativos e acesse a nossa página no Facebook.

Serpros decifra: o que é meta atuarial