09/05/2018

A Diretoria Executiva do Serpros esteve presente no seminário “Fundos de Investimento em Participações: o que falta para a sua consolidação como instrumento efetivo de financiamento de longo prazo no Brasil?”, realizado em 4 de maio, no Rio de Janeiro.

Contribuíram com o evento dirigentes de diversas instituições representativas, como: o presidente da CVM, Marcelo Barbosa; a diretora do BNDES, Eliane Lustosa; o diretor Jurídico do BNDES, Marcelo Siqueira; o procurador-geral da Anac, Gustavo Carneiro; o diretor-superintendente da Previc, Fávio Coelho; o diretor da Anbima, Luiz Chrysostomo, entre outros presidentes e diretores de fundos de pensão e representantes de escritórios de advocacia.

Na ocasião, os especialistas abordaram temas como: private equity; direitos, deveres e responsabilidades dos prestadores de serviços dos FIPs; segurança jurídico-regulatória das instituições; além das perspectivas legais, regulatórias e tributárias dos Fundos de Investimento.

Seminários como este favorecem que a entidade conheça e se adeque às melhores práticas de investimento e obtenha resultados melhores. Segundo a Diretora-Presidente do Serpros, Ana Maria Costi: “Os problemas que aconteceram no Serpros não dependeram do veículo de investimento – FIP. Houve irregularidades, má gestão e desvio de finalidade. Por este motivo a diretoria vem promovendo a reestruturação em processos referentes a controles internos e governança, visando blindar e mitigar a possibilidade de ocorrência de eventos negativos”.

Serpros marca presença em seminário sobre FIPs